LMT – Libertação de Memórias Traumáticas

Olá Você!

Já ouviu falar sobre LMT?

Não?

Não se preocupe. As informações que irei te passar aqui, vão mudar os conceitos sobre tudo aquilo que você leu ou experimentou a respeito de se livrar dos traumas.

Técnica criada e desenvolvida pelo Brasileiro Gustavo Meyer, LMT é um Processo Terapêutico que permite uma pessoa voltar no tempo para corrigir uma informação que foi registrada no passado, com a utilização dos novos conceitos científicos baseados na Física Quântica, atuando diretamente no seu arquivo de memórias tanto conscientes quanto inconscientes, onde informações traumáticas ficam armazenadas, aguardando o momento para serem reprogramadas.

Começa com um procedimento que é realizado em plena consciência, pois não consiste em hipnose, regressão a vidas passadas ou sugestionamento.

LMT significa em sua sigla Liberação de Memórias Traumáticas, onde através de pontos sensíveis no campo da visão do cliente, que estão ligados a áreas da memória inconsciente, o Terapeuta Holístico auxilia na  reprogramação das informações que ali estão registradas, sobre traumas do passado, que deixaram marcas na mente e no cérebro do mesmo.

Esta técnica pode ser aplicada, tanto em adultos quanto em crianças sem nenhuma contra-indicação, em praticamente todas as questões emocionais, tais como: obesidade ,transtorno alimentar emocional, anorexia, depressão, medo de dirigir, síndrome do pânico, fobias, transtorno de estresse pós-traumático, abuso sexual, preparação para cirurgias, provas diversas (concurso,vestibular), traumas de acidentes de trânsito, assaltos, fibromialgia, gagueira, disfunções sexuais, medo de falar em público, dor fantasma, maus tratos na infância, depressão, ansiedade etc.

Mas o que é um TRAUMA e como é formado em nossa mente?

O trauma caracteriza-se pela vivência de um evento onde não temos conhecimento, e, naturalmente, não sabemos lidar adequadamente com ela, no momento em que ocorre.

Todo evento que produz um trauma sempre ocorre no presente com a pessoa no seu estado consciente (mesmo quando durante o sono); criando uma marca na memória subconsciente (pós-evento) e, em seguida, é guardado no inconsciente (arquivo sobre o qual não temos acesso ou controle consciente).

Os traumas gerados durante a vida de uma pessoa, criam uma espécie de print no cérebro, que se tornam caminhos, através dos quais a informação vindas da memória inconsciente circula,  formando hábitos comportamentais, que podem ser cada vez mais facilmente acessados.

O trauma leva o indivíduo a uma variedade de comportamentos ditas como anormais, tais: ansiedade, vergonha de falar sobre o assunto, medo da lembrança, depressão, fobia, todas com relação ao evento traumatizante, porque nossa memória trabalha com associação.

Foi realizado um estudo detalhado no Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina de Harvard aqui nos Estados Unidos, aonde voluntários da pesquisa que sofreram traumas , aonde constatou a influência desses traumas sobre o cérebro dessas pessoas. Esses voluntários foram colocadas em um scanner de tomografia e expostas ao fato gerador do trauma. Durante o experimento, os cientistas puderam perceber que partes do cérebro eram ativados e desativados no momento em que a pessoa revivia as emoções daquele fato. A amígdala cerebral e a região adjacente, o centro do medo no cérebro emocional, foram as regiões mais ativadas, além do córtex visual, como se esses voluntários estivessem vivendo o evento naquele momento e sofrendo da mesma forma do trauma.

Puderam perceber a desativação, como uma forma de amnésia, na área responsável pela linguagem verbal (broca), no córtex pré-frontal esquerdo, área responsável pela linguagem verbal, o que permite entender quando a pessoa relata: “não tenho palavras para descrever o que passei”.

Todos nós experimentamos situações traumáticas , capazes de produzir danos em diferentes graus, pelo menos uma vez em nossas vidas. Experiências que nos deixam uma cicatriz emocional, que até pode ser, algumas vezes, disfarçadas durante uma vida inteira (auto engano),porém, muito dificilmente, ou diretamente falando, impossível de ser eliminadas por completo utilizando as práticas convencionais.

Eu particularmente fui uma dessas pessoas que imaginava que iria eliminar meu trauma através  de alternativas como conselhos diversos, leitura sobre o assunto, me comparando com outros exemplos semelhantes. Lia, pelo menos um livro de auto-ajuda, assistia palestras, participei de grupos de ajuda e, mesmo assim, não conseguia me livrar do trauma.

Mesmo eu sabendo que o evento tinha ficado no passado, eu não conseguia me livrar daquele sentimento que me acompanhou durante 27 anos da minha Vida, e toda vez que me deparava com essa situação era como se tudo aquilo estava sendo revivido, com todas as reações emocionais que passei no momento do trauma.

No entanto, através das pesquisas que sempre busquei, porque eu não desistia da ideia de que havia uma cura para meu trauma, é que percebi que eu precisava exatamente da auto cura, e é justamente, sobre isso que a LMT se apóia para permitir a correção do trauma.

São essas informações diversas que formam um conteúdo consciente sobre a vontade e intenção que eu tinha  que alcançar a solução do meu problema. Isto quer dizer que, conscientemente, eu sabia como deveria estar me sentindo e me comportando, e é essa “sabedoria” que me permitiu reprogramar a informação registrada no inconsciente através das novas conscientizações, que o Processo da LMT me proporcionou, pois existe uma verdade incontestável: “aquilo que a mente interpretou e registrou, somente ela pode reinterpretar e fazer um novo registro.”

E eu vivi isso na prática depois que utilizei a LMT em minha Vida!

O resultado deste processo foi tão maravilhoso que eu resolvi ajudar mais pessoas a se libertarem de seus traumas.

Me especializei nesta técnica sendo treinada e orientada pelo Gustavo Meyer, meu Terapeuta holístico, grande Amigo e Mentor que me auxiliou a me tornar uma extensão do seu trabalho aqui nos Estados Unidos presencialmente e também Online para todo Mundo.

Sim! A terapia de LMT – Libertação de Memórias Traumáticas pode ser aplicada presencialmente, ou a distância via WhatsApp ou Skype.

Caso queira saber mais sobre essa técnica clique AQUI.

O atendimento tem duração de 01 (uma) hora.

Paz & Luz para você!

Penha Cristina Mullett

Terapia Holística

Você pode gostar de ler...

Artigos Populares...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *